pt
es
en

Out of box

Atividades do Município fora de portas JAN-ABR. 2019
ICAA - intervenção cultural, animação e associativismo

13 de janeiro | Domingo | 16h00
Trivenção
Codeceiro

Organização: CMG / ICAA e Associação de Melhoramentos da Terra de Codeceiro
Apoio: Junta de Freguesia do Codeceiro
Música | Entrada livre | 60 minutos | Todas as idades


O projeto TriVenção é um projeto oriundo da cidade da Guarda, constituída há 18 anos. O seu reportório viaja pela música Portuguesa e de Intervenção, apresentando temas de Sérgio Godinho, Zeca Afonso, José Mário Branco, Fausto, entre outros.


Ficha técnica:

Bateria - Eduardo Martins

Guitarra e Voz - Rui Pedro Dias

Baixo - Paulo Pereira



20 de janeiro | Domingo | 16h00
Teatro do Calafrio apresenta: Contos, Trovões, Rezas e Galináceos
Pousade

Organização: CMG / ICAA e Grupo Cultural e Desportivo Pousadense
Apoio:União de Freguesias de Albardo e Pousade
Música | teatro/música |Entrada livre| 60 minutos | todas as idade


Porque não temos memória de galinha, saímos da casca e andamos por aí, a contar histórias antigas de galináceos: galos, galinhas, pintos… Convocamos galinhas e outras aves de capoeira (e até um canário e uma águia!), abrimos o bico para dizer adivinhas, anedotas e trava-línguas. E até rezamos para afastar trovoadas! Rezamos… com galos e galinhas, claro!
Naturalmente, olhamos para trás! E, assim, chegamos ao ovo! Ou será à galinha?”.


Ficha técnica: César Prata, Suzete Marques e Américo Rodrigues



26 de janeiro | Sábado | 16h00
D´Orfeu Associação Cultural apresenta: Reportório Osório
Vila Mendo

Organização: CMG / ICAA e Associação Cultural Recreativa Vila Mendo
teatro/música | Entrada livre | 60 minutos | todas as idades


Reportório Osório” é uma coleção de canções, aliando a escrita sagaz de Luís Fernandes à magistral música de Luís Cardoso. Um desfiar de histórias pessoais no masculino, quase sempre íntimas, do dilema ao dilúvio em poucas estrofes. O quotidiano das relações afetivas transformado em canções irónicas (para não lhes chamar heroicas), em que a teatralidade da interpretação só reforça o perfil de cada personagem. O resto são...canções, as mais belas canções de umor.


Ficha técnica:

Voz e interpretação - Luís Fernandes

Acordeão - Sónia Sobral

Músicas - Luís Cardoso

Letras - Luís Miguel Fernandes



3 de fevereiro | Domingo | 16h00
Super Pipoca Produções apresenta: apresenta: A Ovelha, o Pastor e Outras Coisas e Tal!
Rochoso

Organização: CMG / ICAA e Junta de Freguesia do Rochoso
teatro para famílias | Entrada livre | 60 minutos | todas as idades


Era uma vez uma casa… uma casa que cresce conforme o espaço, o lugar e tudo o que pode colecionar. Nesta casa vive Pipoca e Catrapuz. Em tempos, foram grandes artistas de circo, mas agora andam sempre em viagem, procuram histórias antigas! Daquelas que passam de boca em boca, que viajam no tempo, à espera de alguém que as mande parar. E foi numa dessas viagens que conheceram a “História da Ovelha, do Pastor e Outras Coisas e Tal”. Nem queriam acreditar! Meteram a história dentro da casa e começaram a magicar como a iriam contar…

Teatro cómico, circo, teatro de sombras, teatro de fantoches, ritmos, imprevistos e uma imensidão de possibilidades. Tudo isto numa casa e numa aventura de pasmar!!


Ficha técnica:

Criação - Sílvia Amaral

Interpretação - Sílvia Amaral e Davide Silva

Conceção Plástica - Super Pipoca Produções



9 de fevereiro | Sábado | 23h00
Revenge of the 90s
LocalPavilhão Estádio Municipal

Organização:WAM
ParceriaCMG
música | 20€ | todas as idades


A 1ª Grande Tour Nacional Revenge of the 90s arrancou em Lisboa, em Outubro e passará nos próximos meses por 12 localidades com alguns dos mais esperados nomes nacionais e internacionais. Além de Lisboa, Beja e Guimarães também Açores, Aveiro, Coimbra, Évora, Madeira, Portimão, Porto, Torres Vedras e Viseu irão receber esta festa. Depois de esgotar a FIL com o Delirio em Las Revengas, com mais de 12 mil pessoas a fazer a festa com Vengaboys e Lou Bega, depois da receção apoteótica nos Santos Noventeiros, no Campo Pequeno, para mais de 20 mil pessoas e depois da consagração no Rock in Rio com Haddaway ou Crazy Town, vamos continuar a levar a cultura 90s aos 4 cantos do país e ilhas. A Cidade da Guarda acolhe a experiência Revenge of The 90s, em 2019, com um percurso pelos maiores êxitos de grandes artistas nacionais e internacionais dos anos 90.


Ficha técnica: WAM



10 de fevereiro | Domingo | 16h00
Teatro do Calafrio apresenta: Contos, Trovões, Rezas e Galináceos
Vila Garcia

Organização:CMG / ICAA e Associação Cultural e Recreativa de Vila Garcia
Apoio: Junta de Freguesia de Vila Garcia
teatro/música | Entrada livre | 60 minutos 
| todas as idades


Porque não temos memória de galinha, saímos da casca e andamos por aí, a contar histórias antigas de galináceos: galos, galinhas, pintos… Convocamos galinhas e outras aves de capoeira (e até um canário e uma águia!), abrimos o bico para dizer adivinhas, anedotas e trava-línguas. E até rezamos para afastar trovoadas! Rezamos… com galos e galinhas, claro!
Naturalmente, olhamos para trás! E, assim, chegamos ao ovo! Ou será à galinha?”


Ficha técnica: César Prata, Suzete Marques e Américo Rodrigues



24 de fevereiro | Domingo | 16h00
Manta D´Ourelos – integrado nas Comemorações do 25.º aniversário da ACRASSA
Santana D´Azinha

Organização:CMG / ICAA e Associação Cultural, Recreativa e de Ação Social de Santana d`Azinha
Apoio: Junta de Freguesia de Santana d´Azinha
música | Entrada livre | 60 minutos | todas as idades


Manta de ourelos nasceu na beira baixa, com base das suas raízes tradicionais com o intuito de divulgar instrumentos tradicionais e medievais. O seu repertório tem como base músicas perdidas no tempo, e músicas medievais. As suas harmonias são transmitidas com a alma dos músicos onde nos transporta para muitos séculos atrás. Os seus instrumentos principais são as gaitas de fole, sanfona, caixa beiroa e bombo, bouzuki entre outros.tem como base músicas perdidas no tempo, e músicas medievais. As suas harmonias são transmitidas com a alma dos músicos onde nos transporta para muitos séculos atrás.tem como base músicas perdidas no tempo, e músicas medievais. As suas harmonias são transmitidas com a alma dos músicos onde nos transporta para muitos séculos atrás. Os seus instrumentos principais são as gaitas de fole, sanfona, caixa beiroa e bombo, bouzuki entre outros.tem como base músicas perdidas no tempo, e músicas medievais. As suas harmonias são transmitidas com a alma dos músicos onde nos transporta para muitos séculos atrás. Os seus instrumentos principais são as gaitas de fole, sanfona, caixa beiroa e bombo, bouzuki entre outros.


Ficha técnica: WAM

Caixa beiroa, bateria e direção artística - Luis Silva

Gaita de Fole, Sanfona e Flauta Pastoril - Ricardo Pedrosa

Bouzuki, teclas e violino - Renato Folgado

Bombo e percussões tradicionais - Francisco Brito



3 de março | Domingo | 16h00
GUARDA FOLIA 2019
Desfile das Freguesias e Julgamento 
e Morte do Galo
Ruas da Cidade e praça Luis de Camões

Organização:CMG / ICAA
espetáculo comunitário | Entrada livre | todas as idades


O “Julgamento e Morte do Galo” insere-se nas manifestações populares de expiação, onde a crítica acutilante, mordaz e purificadora, assume um papel preponderante nas festividades carnavalescas da cidade da Guarda.O fogo, com a queima do elemento central da festa, é o clímax e representa a efetiva renovação. O Galo expiará os “pecados da sociedade”, ardendo e representando a renovação da esperança. Trata-se de um Carnaval verdadeiramente português, singular, com forte identidade na tradição secular da Guarda. Em 2018, 1200 participantes, entre atores, músicos e freguesias deram corpo ao Desfile e Julgamento do Galo. Em 2019, perspetiva-se a participação de mais de 30 Freguesias do concelho da Guarda, com a intervenção de mais de 1300 figurantes, que darão “corpo e alma” a este espetáculo que tem vindo a marcar a diferença nos Programas de Carnaval de todo o país. Música, sátira e humor são os principais ingredientes desta manifestação cultural, que promete muita folia no Carnaval mais engalanado de Portugal.


Direção artista:José Rui Martins

Direção artista: Tiago Pereira



17 de março | Domingo | 15h00
Estórias e Memórias – À descoberta do património de Arrifana
Local: Arrifana

Organização:CMG / ICAA e Junta de Freguesia de Arrifana
visita | Inscrições: turismo@mun-guarda.pt | todas as idades


A freguesia de Arrifana dista apenas a 3 Km da Guarda, esta proximidade com a urbe tem permitido manter uma dinâmica cultural e social associada aos valores patrimoniais que identificam esta comunidade. Este percurso pelas vivências que outrora marcaram o ritmo de vida desta freguesia permitirá conhecer as artes e ofícios tradicionais, experienciar o fabrico artesanal do pão, degustar sabores autênticos e ouvir as estórias contadas pela voz de quem ainda hoje perpetua um legado de valor inestimável. Esta viagem tem inicio na Praça Luis de Camões, no Welcome Center da Guarda, sendo obrigatória a inscrição, através do email: turismo@mun-guarda.pt



17 de março | Domingo | 18h00
D´Orfeu Associação Cultural apresenta: Reportório Osório
Arrifana

Organização:CMG / ICAA e Grupo de Cantares de Arrifana
Apoio: Junta de Freguesia de Arrifana
música | Entrada livre | 60 minutos | todas as idades


“Reportório Osório” é uma coleção de canções, aliando a escrita sagaz de Luís Fernandes à magistral música de Luís Cardoso. Um desfiar de histórias pessoais no masculino, quase sempre íntimas, do dilema ao dilúvio em poucas estrofes. O quotidiano das relações afetivas transformado em canções irónicas (para não lhes chamar heroicas), em que a teatralidade da interpretação só reforça o perfil de cada personagem. O resto são... canções, as mais belas canções de umor.


Ficha técnica:

Voz e interpretação - Luís Fernandes

Acordeão - Sónia Sobral

Músicas - Luís Cardoso

Letras - Luís Miguel Fernandes



30 de março | Sábado | 21h30
Trivenção
Faia

Organização: CMG / ICAA e Junta de Freguesia da Faia
Música | Entrada livre | 60 minutos | Todas as idades


O projeto TriVenção é um projeto oriundo da cidade da Guarda, constituída há 18 anos. O seu reportório viaja pela música Portuguesa e de Intervenção, apresentando temas de Sérgio Godinho, Zeca Afonso, José Mário Branco, Fausto, entre outros.


Ficha técnica:

Bateria - Eduardo Martins

Guitarra e Voz - Rui Pedro Dias

Baixo - Paulo Pereira



19 de abril | Sexta | 21h00
A Última Ceia
Local:Pousade

Organização: Grupo Cultural e Desportivo Pousadense
Apoio: CMG / ICAA e União de Freguesias de Pousade e Albardo
Teatro religioso | Entrada livre | todas as idades


Na Sexta-Feira Santa, Pousade volta a ser palco da recriação da ‘Última Ceia e Paixão de Cristo’, numa encenação que pretende homenagear a tradição do teatro religioso desta freguesia.


Ficha técnica:

Encenação - Daniel Rocha | Interpretação - colectivo da população de Pousade



28 de abril | Domingo | 15h00
Estórias e Memórias – à descoberta do património dos Meios
Meios

Organização: CMG / ICAA e Junta de Freguesia dos Meios

visita | Inscrições: turismo@mun-guarda.pt | todas as idades


Freguesia englobada nos limites do Parque Natural da Serra da Estrela apresenta um património natural de rara beleza. A principal atividade da freguesia é a agricultura tradicional, no entanto, até ao século passado, existiram fábricas de cobertores de papa. Desta atividade restam os teares manuais que ainda hoje laboram no Museu de Tecelagem dos Meios, homenageando todos quantos se dedicaram à produção destes cobertores. Sentir o cheiro do pão caseiro a cozer no forno de lenha, degustar o queijo e o enchido produzido por quem teima preservar os sabores tradicionais, ouvir o tear “cantar” ou simplesmente olhar a paisagem, são razões suficientes para partir nesta viagem. Esta viagem tem inicio na Praça Luis de Camões, no Welcome Center da Guarda, sendo obrigatória a inscrição, através do email: turismo@mun-guarda.pt



28 de abril | Domingo | 18h00
Super Pipoca Produções apresenta: apresenta: A Ovelha, o Pastor e Outras Coisas e Tal!
Museu dos Meios

Organização: CMG / ICAA e Junta de Freguesia do Rochoso
teatro para famílias | Entrada livre | todas as idades


Era uma vez uma casa… uma casa que cresce conforme o espaço, o lugar e tudo o que pode colecionar. Nesta casa vive Pipoca e Catrapuz. Em tempos, foram grandes artistas de circo, mas agora andam sempre em viagem, procuram histórias antigas! Daquelas que passam de boca em boca, que viajam no tempo, à espera de alguém que as mande parar. E foi numa dessas viagens que conheceram a “História da Ovelha, do Pastor e Outras Coisas e Tal”. Nem queriam acreditar! Meteram a história dentro da casa e começaram a magicar como a iriam contar…

Teatro cómico, circo, teatro de sombras, teatro de fantoches, ritmos, imprevistos e uma imensidão de possibilidades. Tudo isto numa casa e numa aventura de pasmar!!


Ficha técnica:

Criação - Sílvia Amaral

Interpretação - Sílvia Amaral e Davide Silva

Conceção Plástica - Super Pipoca Produções